quinta-feira, 29 de abril de 2010

A aventura do doutor Jekyll


Em um dia de inspiração o doutor descobriu a novidade quente: uma série de medicamentos misturados conseguiu separar o mal que estava em seu corpo. Podia ser duas pessoas, ele mesmo e uma outra, um malévolo ser. Assim o doutor conseguiria manter sua reputação com suas atitudes impecáveis enquanto sua parte má sairia por aí... a fazer o que o desejo julgasse apropriado. E então o médico teria todas suas vontades satisfeitas, sem pudor e sem ferir sua imagem. Mas o pobre doutor perdeu o controle de sua criação, não conseguiu se manter afastado do ser malvado e sua poção mágica perdeu o efeito. E tarde demais o doutor percebeu que o que havia de especial no preparo fora a soma de impurezas que ele jamais conseguiu juntar novamente. Foi seu triste fim, e mais uma promissora descoberta que se tornou inútil.